terça-feira, 15 de janeiro de 2008

MRC ENTREVISTA BANDA KITTIE

O Programa Mundo Rock de Calcinha entrevistou em novembro de 2007 a banda canadense Kittie, em sua primeira vinda ao Brasil. Nossa equipe foi a única liberada para essa entrevista exclusiva, antes a MTV faria uma reportagem com Kittie, mas por motivo não revelado a banda se recusou em conceder entrevista pra equipe da tevê. As moçoilas falaram pra gente com exclusividade sobre sons que curtem, a falta de distribuição dos CDs da banda aqui no Brasil, influências musicais, problemas enfrentados com mudanças na formação e detonaram o ex-baterista da extinta Coal Chamber, Mike, que teve a pachorra de ofender as meninas em 2000. Confira:

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Kittie passou por mudanças na formação várias vezes. Até que ponto isso prejudicou as atividades da banda? Pergunta do Ouvinte Alexandre (CRUOR) – 23 anos – São Paulo.
KITTIE
: Bom, queria começar dizendo que nunca foi nossa intenção ter tantas pessoas passando pela banda, mas, você sabe, nós começamos muito cedo, com 13 e 14 anos. Quando você tem essa idade não sabe o que irá fazer pelo resto da sua vida. Quando você cresce, as coisas mudam, todo mundo muda. Por nós nos conhecermos a 11 anos, as pessoas pensam que temos uma espécie de “pacto” ou algo assim e que também heavy é só gritaria, agressividade. E não é nada disso, na verdade, heavy são as guitarras pesadas, a bateria rápida. Apesar de o nosso som não estar mais tão agressivo, agora a gente toca mais pesado, trash, no estilo clássico do metal, e eu acho que está dando certo.

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Por que vocês escolheram o nome KITTIE?
KITTIE
: (risos) Na verdade nós escolhemos esse nome quando tínhamos 14 anos. Bom, pense em um nome para uma banda de heavy metal... (risos), a gente não tinha idéia, então, pensamos no nome KITTIE, achamos legal, e acabou ficando. Quando as pessoas ouvem esse nome, pensam: “Deve ser pop rock, ou algo do tipo” e daí, quando vêem o show, pensam: “Nossa... Que loucura!”(risos).

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Mas funcionou...
KITTIE
: É, acho que sim!

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Quais foram as influências da banda, quando vocês eram mais novas?
KITTIE
: Morgan ouvia bastante as coisas que os pais dela ouviam, quando você é criança acaba ouvindo as músicas que tocam dentro da sua casa. Bandas como Van Hallen, AC/DC, Led Zeppelin, todas essas coisas. Daí quando crescemos, começamos a ouvir sons pesados, como Iron Maiden, quando eu ouvi pela primeira vez, pensei: “Nossa... é muito bom, eu tenho que ter os álbuns!!”. Há muitas bandas nas quais nos inspiramos, e que desejávamos estar na mesma posição, e, pensavamos também: “Nossa, como eu queria estar no nível desses caras...” (risos)

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Vocês vão fazer um videoclipe para “Funeral for Yesterday”?
KITTIE
: Já fizemos um clipe da música “Funeral for Yesterday”, que dá nome ao disco, você pode encontrar no Youtube, e também já temos um single de outra música do nosso álbum, e a gente espera que em 2008 possamos fazer mais clipes e singles das músicas desse trabalho.

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Qual foi o último CD que vocês compraram?
KITTIE
: (Morgan) - Nossa, que eu comprei? Não me lembro... A última vez que comprei um CD foi no ano passado... (risos).
(Mercedes) - Nossa, agora, vocês vão saber que eu tenho um outro lado... O último CD que comprei foi o da Diana Krall.
(Tara McLeod) O último CD que eu comprei, acho que foi do Bowie.
(Morgan) - Como você pode perceber, música é musica, e o que é bom, é bom, e nós escutamos aquilo que gostamos.

MUNDO ROCK DE CALCINHA: O que vocês acham de bandas com os vocais femininos, como o Nightwish? Vocês gostam dessa banda?
KITTIE - Morgan
: Acho Nightwish boa banda, apesar de não ser o tipo de som que eu escuto. Há muitas boas bandas com os vocais femininos, acho bem legais, afinal, elas estão fazendo aquilo que gostam de fazer.

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Como você define o novo álbum e as músicas que vocês tocam agora?
KITTIE:
Acho que nós precisávamos definir a banda, e a nossa idéia foi pegar a essência dos outros álbuns e adicionar a esse, como por exemplo, nos outros álbuns temos músicas muito gritadas e pesadas, e para esse novo álbum, misturamos com um rock mais simples, e como já disse, a idéia era de pegar todos os elementos e coloca-los juntos em uma coisa só. Então, no mesmo CD você tem thrash e heavy. Acho que fizemos um bom trabalho mudando um pouco a nossa cara, mudar um pouco é sempre bom, e acho que agora o nosso som pode ser definido como algo mais emocional, intenso, que vem do coração.

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Aqui no Brasil a banda Kittie ainda não tem distribuidor dos álbuns, agora que finalmente a banda veio tocar aqui, existe essa possibilidade? Os fãs reclamam disso.
KITTIE:
Não, a gente não tem nada na América do Sul, nem no México. Deixe-me dizer uma coisa, no momento não estamos preocupadas com isso, acho que o primeiro passo foi vir aqui para tocar, acredito que não é o momento para fazermos isso. Claro que tentaremos mudar isso, pois sabemos que temos muitos fãs maravilhosos aqui no Brasil, a gente se sente mal por causa disso, mas não podemos mudar isso agora. Mas, juro que isso não tem nada a ver com a banda.

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Vocês tiveram problemas com o nome do selo criado pela banda, pois o Kiss não podia ser usado. Como foi que tudo aconteceu? Alguém do próprio Kiss falou com vocês?
KITTIE
: Bom. Quando nós recebemos a carta pelo correio, pensamos, “Ooohhh!!! PROBLEMAS...” e então resolvemos não incomodá-los com isso.

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Deve ter sido engraçado receber uma carta do Kiss...
KITTIE
: É, essa foi a oportunidade que tivemos de mudar o nome do selo. Agora se chama Kiss of Infamy.

MUNDO ROCK DE CALCINHA: No ano passado vocês venderam o EP "Never Again" em download no iTunes com uma faixa bônus "Everything That Could Have Been". Como foi a repercussão dessa venda?
KITTIE
: Nossa, não estamos acostumadas com isso, e sim com os meios tradicionais, mas decidimos fazer algo pelos fãs internautas.

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Como vocês lidam com a mídia on-line?
KITTIE
: Bom, estamos na Internet o tempo todo, e assim, estamos em contado com todo o mundo, como no Myspace respondendo aos fãs, e acredito que isso seja a coisa mais importante para nós, agradecendo o carinho deles, pois os fãs nos ajudam com o nosso sonho. Nós apreciamos muito o fato de que pessoas paguem pra ver a gente fazer o que amamos, por isso, o mínimo que podemos fazer é dar atenção para os fãs na web. No Myspace, procuramos responder o máximo de pessoas possíveis, apesar de ser muito difícil, pois temos muitas pessoas em nossa pagina, nós fazemos o melhor que podemos. Estamos sempre trabalhando (risos).

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Em 2000 Mike Cox, baterista na época da extinta Coal Chamber, falou em algumas entrevistas que o Kittie é uma banda "vendida", que os pais de vocês escrevem todas as músicas e que pagaram para excursionar com o Slipknot naquela época e pagavam para que suas músicas fossem executadas nas rádios. Qual a opinião de vocês sobre essas declarações de Mike?
KITTIE:
Bom, tirando o fato de atualmente ele ser um garçom em um restaurante... veja o que ele está fazendo, e o que nós estamos fazendo agora. Bom, aparentemente, ele tinha uma namorada que também estava nesse meio musical, e naquela época a banda dele era bem maior do que a nossa, e o que ele disse realmente não nos afetou, então, honey, vamos lá... “O que você queria? O que você disse é ridículo, bom, isso é loucura.”

nota: (em 2003 a banda Coal Chamber encerrou atividades, todos resolveram se dedicar a outros projetos, tinha a Meeegs nos vocais. O Mike foi demitido da banda em 2002 e as razões não foram divulgadas)

MUNDO ROCK DE CALCINHA: O que mais tem feito sucesso no cenário rock / metal do Canadá?
KITTIE
: Bom, agora no Canadá existem todos os tipos de bandas, muitas bandas boas por sinal, mas o problema é que é muito difícil fazer sucesso ficando por lá. Por isso fomos pra América. Certamente há muitas boas bandas vindo por aí do Canadá.

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Vocês vão muito a shows? Gostam de baladas?
KITTIE
: Sim, claro, a gente adora ir a shows, sempre quando dá nós vamos a bons shows de rock.

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Tem um música da Kittie em um videogame...
KITTIE
: Sério?

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Sim! Gostam de jogar videogame?
KITTIE
: Claro que gosto... adoramos!!!

MUNDO ROCK DE CALCINHA: Joga Guitar Hero?
KITTIE
- Morgan: Sim, eu jogo, apesar de não ser muito boa nisso... (risos)

FOTO E ESPECIAL KITTIE NO MRC

Veja as fotos da entrevista e ouça o programa 09 com Especial Kittie, no site Mundo Rock de Calcinha: http://www.mundorockdecalcinha.com/ .

Créditos
Pauta: Gisele Santos
Fotos: Raquelline Marlusy
Entrevista: Juliana Negri
Tradução: Joyce Carvalho

11 comentários:

Danynha disse...

olha alguém que goste de kittie, é dificil encontrar alguém que goste dessa banda xD
BJOOO

giorgia mandila disse...

nossa mataram a pau !!! mó moral mundo rock de calcinha hein ! o programa é muito bom parabens

TATIANA LINS disse...

AHAHAHAHAHAHA AMEI AMEI AMEI A PORRADA NA ORELHA DO IDIOTA DO COAL CHAMBER ! ATITUDE TOTAAAAAAAAL! MINAS DE ATITUDE!

Jolliens disse...

Ameei a entrevista!
PQP!
Elas são bem simpaticas, né?
QUE MASSA!
Parabéns...ponto pro Mundo Rock de Calcinha!
BEIjooo! ;)

isabela amorim disse...

mandaram muito bemmmmm mundo rock de calcinha e´100000000

renata martins disse...

DEMAIS

DEMAIS

DEMAIS

DEMAIS

DEMAIS

MUITO BOM MESMO!

Gisele Santos - Redação MRC disse...

pois é danynha, além de nossa equipe curtir muito kittie, batalhamos bastante e fomos as únicas entrevistar a banda nos bastidores do único show no Brasil :)

valeu gi , tati, isa, re

sim jolliens, são muito simpatica, valeu e pena!

legal que visitaram o blog, valeu!

Ana Alice disse...

Nossa, não conhecia o blog de vocês!!!!!! Show de bola - ou melhor, de calcinha!!!! Vida longa!!!! bjssss

Gisele Santos - Redação MRC disse...

hey ana lice , quando puder ouça o nosso programa

bjocas

Ra disse...

Putz!! comecei a ouvir MRC agora!!
To amandoooo...!!!

Mto fodaa...entrevista com KITTIE!!!
Parabééénnsss!!


beijo grande!
Ramona

hailander2 disse...

da hora esta entrevista eu gostei muito show de bola vcs são demais mrc
é isto ae detonaram mais uma vez
parabens