terça-feira, 19 de outubro de 2010

INTERNET – QUEM PAGAR MAIS NAVEGA?

Se você vive na internet navegando por vários sites, baixando arquivos diariamente, ‘twittando’ loucamente e batendo aquele papo maroto no MSN, sempre com o lema de informação e utilização livres, os dias dessa ‘mamata’ podem estar contados. As empresas Google e Verizon, dos Estados Unidos, enviaram uma proposta – para o mercado de telecomunicações – que obriga todos os provedores de acesso da grande rede de computadores filtrar o que está sendo utilizado, por exemplo, criarão pacotes variados (acesso a vídeos + áudio + e-mails + skype terá um valor) e quem não usar tudo isso pagará outro valor e poderá compartilhar uma navegação lenta (manipulada pela própria empresa) - já que esse tipo de ‘maracutaia’ existe faz tempo (principalmente em pacotes para Smartphones) para obrigar o usuário a pagar mais pra poder ter o luxo de navegar com rapidez.

Essa decisão fere a neutralidade existente desde a criação da internet, podendo promover uma concorrência desleal de conteúdo (principalmente médio e pequeno porte), já que essa proposta também pretende fazer parcerias com alguns grandes portais e softwares, isto é, quem não optar por eles nos tais pacotes terá a navegação bloqueada.

E não pense que essa decisão, caso consigam a liberação dessa lei, será implantada apenas nos Estados Unidos, pois aqui no Brasil algumas empresas – como a Vivo e NET – alegam também necessitar das mesmas providências para não acontecer um colapso na rede. O mais incrível é que ninguém fiscaliza se todas essas empresas investem em infraestrutura e segurança, tanto que algumas são líderes do ranking de reclamações do PROCON (Procuradoria de Proteção e Defesa do Consumidor), e tudo isso fere a liberdade de navegação e de expressão, além de estar na cara que eles querem lucrar mais e mais vendendo acesso ‘charrete’ (no caso do Brasil) interrompendo a evolução da internet. Esse papo de colapso na rede é só pra tampar o sol com a peneira.

Essas empresas alegam que assim também poderão controlar a troca ilegal de arquivos (filmes e músicas) que infringem lei dos direitos autorais, etc. Mas essa é uma outra história completamente diferente! Teriam outras maneiras de evitar essas ações, combatendo primeiramente os sites que deixam esse material ser publicado. Estão usando isso e o colapso da rede como desculpas para ganhar dinheiro fácil, pois está na cara que controlar a velocidade da navegação não tem muita relação com esse papo todo.

Já imaginou que você, por exemplo, não tenha condições financeiras para pagar o pacote completo, e ao abrir o Youtube sua navegação é bloqueada por ter limitação? Já imaginou não poder acessar mais o que bem entender e ainda ter que disponibilizar para o provedor uma lista de todas as suas ações (e-mails lidos, sites acessados, downloads realizados, etc) ferindo a sua privacidade? Se nós, usuários, não fizermos nada, vamos continuar pagando por uma internet lenta e cara e - pior ainda - sem liberdade. Já pagamos caro pra navegar, inclusive pacotes ridículos, e ainda querem inventar mais coisas pra aumentar os preços e lucrar e lucrar e lucrar. [GS]

Leia matéria completa na Revista Época:
http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI163134-15259,00-QUEREM+COBRAR+PEDAGIO+NA+INTERNET.html

2 comentários:

★★ GIZA ★★ disse...

OLA
ADOREI SEU BLOG E ESTOU TE SEGUINDO
ME FAÇA UMA VISITA:
WWW.FLORDELOTUS29.BLOGSPOT.COM
ME SIGA. VOU ADORAR QUE SEJAMOS AMIGAS
BEIJOS

Folhetim Cultural disse...

Olá parabéns pelo seu blog,sou blogueiro e para janeiro terá novidades como colunas sobre esporte, comunicação, politica, espiritualidade entre outros.. e também quadros como o poeta entrevista, chá das 5, no café da manhã com poesia entre outros... este é o endereço: 
informativofolhetimcultural.blogspot.com
espero que goste dele!
Ass: Magno Oliveira