sábado, 19 de novembro de 2011

Resenha – Eyes Set To Kill – CD White Lotus


Desde 2008 a banda norte-americana de metalcore, Eyes Set To Kill, lança um CD por ano. O novo se chama “White Lotus” (2011), quarto da carreira, produzido por Andrew Wade (A Day to Remember, The Word Alive, Motionless in White) - que também trabalhou com Eyes Set To Kill no razoável "Broken Frames" (2010).

Liderada pelas irmãs Alexia (vocal, guitarra e teclado) e Anissa Rodriguez (baixo) – que recentemente foram fotografadas para fazer parte do calendário das mulheres do rock 2012 da revista gringa “Revolver Magazine” (conforme já havíamos publicado AQUI) – Eyes Set To Kill, formada em 2004, também conta com Cisko (vocal gritante) e Caleb (bateria).

A primeira música é arrebatadora, "The Secrets Between" - uma das melhores do disco. É rock de peso, mesclando vocal gutural masculino com a delicadeza do vocal feminino. "Forget" vem na sequência mantendo a pancadaria. Na terceira faixa, a lenta "Stuck Underneath" - que dura apenas 00:01:28 – é nítido que a banda se perdeu e acaba quebrando o ritmo. Seria totalmente dispensável.

Em seguida "Harsh", com pedal duplo, volta a colocar nas rédeas o peso do álbum. A bateria também ganha destaque na poderosa e pesada "Where I Want to Be" (que já ganhou videoclipe) - outra que entra na lista das melhores músicas do CD, ao lado da já citada "The Secrets Between". Nessas canções há esperança da evolução musical de Eyes Set To Kill.

Só que daí pra frente mais uma vez o ritmo despenca, com covers do Hole (“Doll Parts”) e do Nirvana (“Polly”) – com apenas Alexia no violão e vocal. Ela alega que incluiu as canções nesse trabalho para os fãs conhecerem duas de suas bandas favoritas. O que talvez Alexia não tenha percebido é que seria melhor ter lançado, por exemplo, um EP “B-Sides”. E não para por aí, pois também tem a desplugada "Untitled" e a versão acústica de "Harsh" – encerrando desastrosamente o registro de dez músicas.

Realmente a banda parece que ficou confusa sem saber se fazia o som pesado de sempre ou acústico ou homenagens. E no final das contas, não foi feliz optando por realizar tudo ao mesmo tempo. Talvez fosse melhor ter deixado passar mais um ano para amadurecer as ideias.

Desse disco poderiam sair três EPs (acústico, B-sides, inéditas de peso), pois assim o ouvinte se localizaria melhor e a banda não perderia característica - causando saudade do ótimo e enérgico “The World Outside” de 2009 (que arriscou cadenciadas acompanhadas por piano, lindas por sinal, só no fim).

Nota 6,5

Banda Eyes Set to Kill
CD White Lotus
Ano 2011
Gravadora Forsee Records

Faixas:
01. "The Secrets Between"
02. "Forget"
03. "Stuck Underneath"
04. "Harsh"
05. "Where I Want to Be"
06. "Erasing Everything"
07. "Doll Parts"
08. "Untitled"
09. "Polly"
10. "Harsh"

Nenhum comentário: